Vacina meningocócica: saiba tudo sobre esse imunizante

A meningite é uma doença causada pela bactéria Neisseria meningitidis (meningococo), que infecta as membranas que envolvem a medula espinhal e cerebral, conhecidas como meninges. A transmissão ocorre por secreções respiratórias e saliva, pessoa a pessoa. A doença afeta todas as idades, embora crianças, adolescentes, idosos e indivíduos com algum grau de comprometimento imunológico estejam em maior risco, comprovando a importância da vacinação.

Quem deve tomar a vacina meningocócica e em que idade?

A vacina para meningite é recomendada para:

  • Crianças e adolescentes;

  • Adultos e idosos com condições que aumentem o risco para a doença meningocócica ou de acordo com a situação epidemiológica;

  • Viajantes com destino às regiões onde há risco aumentado da doença.

A vacinação protege contra todos os tipos de meningite?

A vacinação é importante para prevenir várias formas de meningite, mas não protege contra todos os tipos da doença. Existem vários tipos de meningite: viral, bacteriana e fúngica. Cada uma é causada por diferentes agentes e exige abordagens diferentes para a prevenção.

O mais recomendado é optar pela aplicação da vacina conjugada meningocócica ACWY, pois sua proteção é mais ampla, cobrindo mais tipos da meningite meningocócica em comparação com a meningocócica C.

O mesmo acontece com quem teve a doença, ou seja, a quantidade de anticorpos cai ao longo do tempo e o indivíduo deixa de estar protegido, daí a importância das doses de reforço, conforme as recomendações das Sociedades Brasileiras de Imunizações (SBIm) e Pediatria (SBP).

Quais são os possíveis efeitos adversos da vacina meningocócica?

Os efeitos colaterais da vacina meningocócica, quando acontecem, apresentam-se nas primeiras horas após a vacinação e melhoram em cerca de 72 horas. Podem ocorrer:

  • Vermelhidão, inchaço, dor ou sensibilidade no local da aplicação;

  • Dor de cabeça (principalmente em adultos);

  • Em crianças com menos de 2 anos podem ocorrer irritabilidade, febre, vômitos, diarreia, inapetência, sonolência.

Gestantes podem receber a vacina contra a meningite?

As gestantes podem receber a vacina contra a meningite, dependendo da situação e das recomendações médicas. No entanto, é importante observar que existem diferentes tipos de vacinas contra a meningite, e as recomendações podem variar de acordo com o tipo de vacina e as condições individuais da gestante.

Qual o esquema de doses para a vacina meningocócica?

No Brasil, a partir de 2 meses de idade, cinco vacinas estão licenciadas para a doença meningocócica (tipo B, C e três diferentes tipos de ACYW), cujo esquema de doses dependerá do tipo de vacina e idade de início.

Para a vacina meningocócica ACYW, de uma maneira geral, o esquema de vacinação, quando iniciado aos 2 meses, fazer duas doses, aos 3 e 5 meses e um reforço após 1 ano de idade. Se a primeira dose for aplicada entre 6 a 11 meses de vida, fazer duas doses com intervalo mínimo de 2 meses, sendo que a segunda dose deve ser administrada obrigatoriamente após 1 ano de vida. Quando a vacinação é iniciada a partir dos 12 meses de vida ela é administrada em dose única.

Para adolescentes, a recomendação é de duas doses com intervalo de cinco anos, preferencialmente da vacina Meningocócica Quadrivalente ACWY Conjugada, pois fornece proteção para mais de três tipos de meningococos, além do tipo C.

Nos adultos, a recomendação é de que sejam imunizados com dose única da vacina, mas somente devem se imunizar com esta vacina caso estejam em situações que justifiquem.

Por que é essencial proteger-se contra a meningite?

A proteção contra a meningite é essencial, especialmente em grupos de risco, devido à gravidade e rapidez com que essa doença pode se desenvolver e causar complicações sérias, sequelas e morte.

A meningite pode levar a sintomas como febre alta, rigidez no pescoço, dor de cabeça intensa e sensibilidade à luz. Em casos graves, pode causar danos permanentes ao sistema nervoso central, deficiência auditiva, convulsões, coma e até levar à morte.

Os grupos de risco, como crianças menores de dois anos, idosos e pessoas com sistema imunológico enfraquecido são mais suscetíveis à infecção e a complicações decorrentes dela.

Proteger-se contra a meningite é fundamental para evitar complicações graves e garantir a saúde individual e coletiva, especialmente nos grupos mais vulneráveis.

Agende agora mesmo e atualize sua carteirinha vacinal.

Quais são os tipos de vacina meningocócica e onde tomá-las?

O Fleury, disponibiliza dois tipos de vacina meningocócica: a vacina meningocócica B recombinante e a vacina meningocócica A, C, W e Y conjugada, também chamada de vacina tetravalente para meningite.

Caso ainda tenha alguma dúvida sobre a vacina meningocócica, clique no botão e entre em contato com um de nossos atendentes.