Educação Médica

Revista Médica

Edição 9  |  Out/2003


 Imunoistoquímica tem ampla aplicação no diagnóstico do câncer

 

A técnica também causa impacto no prognóstico da doença e no planejamento terapêutico.
A imunoistoquímica transformou-se num instrumento indispensável para a prática da patologia moderna, com largo emprego não só em pesquisas, como também na esfera diagnóstica.


Edição atual | Nov/2018

/Edições anteriores

/Webmeeting

Overview dos testes moleculares para câncer

Nesta oportunidade apresentamos alguns testes introduzidos no portfólio de exames do Fleury, relacionados justamente à pesquisa de mutações somáticas em neoplasias, e que objetivam prestar auxílio à decisão terapêutica e melhorar o prognóstico do paciente.


Confira