Estudo por microscopia eletrônica pode ser a forma mais efetiva de estabelecer alguns diagnósticos | Revista Médica Ed. 5 - 2007

A neurologia e a nefrologia são as especialidades que mais utilizam esse recurso
Publicado em 01 de Junho de 2007
Compartilhar:

A neurologia e a nefrologia são as especialidades que mais utilizam esse recurso

A microscopia de transmissão eletrônica (ME) é um instrumento útil para o diagnóstico de algumas condições geralmente raras, que não podem ser definidas apenas com a análise histológica convencional ou com a imunoistoquímica. A técnica oferece subsídios importantes, e muitas vezes conclusivos, que determinam, com segurança, a natureza do processo patogênico. Contudo, uma informação clínica detalhada é essencial para a interpretação adequada dos achados, assim como para orientar a análise ultra-estrutural.

As principais aplicações da ME estão descritas na tabela abaixo.

Técnica exige entendimento prévio entre médico e laboratório
Um contato prévio entre o médico e o laboratório é essencial para uma análise de microscopia eletrônica bem-sucedida, uma vez que existem detalhes que precisam ser observados, os quais vão das dimensões da amostra aos cuidados para sua fixação. É importante esclarecer ainda que amostras congeladas não podem ser utilizadas para o estudo de ME e que o resultado de um exame efetuado em material conservado em formaldeído ou em parafina apresenta qualidade inferior.

Microscopia eletrônica de biópsia renal mostra podócito hipertrófico com fusão de pedicelos sobre a membrana basal glomerular (setas).

Microscopia eletrônica de pele em paciente com síndrome Cadasil, na qual se observa material osmiofílico granular (GOM) entre a membrana basal e o citoplasma da célula muscular lisa na arteríola dérmica.

Assessoria Médica
Dr. Leonardo de Abreu Testagrossa<: [email protected]


Especialidade
Doenças investigadas
Material analisado
Nefrologia
• Glomerulopatias fibrilares
• Doença de depósito denso
• Nefropatias de origem genética:
- Síndrome de Alport
- Nefropatia por membrana fina
Fragmento de rim
Neurologia
• Doenças mitocondriais
• Síndrome Cadasil
• Lipofuscinose ceróide
• Distrofia neuroaxonal
Músculo
Pele
Conjuntiva ocular
Conjuntiva ocular
Neurologia
• Doença dos cílios imóveis
Epitélio nasal